20 de agosto de 2016

Decor - Ashley Ella

Já faz um tempo que acompanho o blog da designer americana Ashley Ella , como adoro o blog dela e acho o seu home office uma graça, resolvi compartilhar aqui. Há tempos que eu desejo uma parede assim, com listras em tons de cinza, vamos ver se algum dia vira realidade... Espero que gostem e sirva de inspiração.
Beijos Facebook Instagran

16 de agosto de 2016

Música - Haley


Oi minha gente! Já fazia um tempo que estava um pouco enjoada de ouvir as mesmas bandas de sempre... Ai procurava alguma coisa nova no YouTube e nada, até que encontrei a cantora Hayley e foi amor a primeira musica kkkk. Ashley Nicolette Frangipane, ou Halsey, tem 21 anos e começou a fazer sucesso no YouTube com os seus covers em 2012. Foi só em 2014 que começou a lançar seus trabalhos autorais, no mesmo ano lançou o seu primeiro EP, intitulado Room 93.

Sabe aquela sensação de frustração que te faz pensar: "gente como nunca tinha ouvido falar sobre essa cantora???", foi exatamente o que senti.
 Ela já gravou uma musica com o Justin Bieber (The Feeling), tem um clipe com a participação do ator Tyler Posey (do seriado Teen Wolf), participa da trilha sonora do filme 'O Caçador e a Rainha do Gelo' e eu aqui, moscando kkk. Mas vamos para o que interessa! Separei alguns clipes, espero que gostem.


Beijos
Facebook Instagran

4 de agosto de 2016

Livro vs Filme - “Eu, você, e a garota que vai morrer”

Titulo: Eu, Você e a Garota que Vai Morrer (Me and Earl and the Dying Girl )
Autor: Jesse Andrews
Avaliação:  
Sinopse: Greg Gaines é socialmente invisível, Earl Jackson vem de um lar desajustado e Rachel Kushner tem câncer, mas Eu, você e a garota que vai morrer está longe de ser mais um dramalhão lacrimoso. Subvertendo clichês, o autor Jesse Andrews oferece um romance de formação que, com um estilo pop e original, consegue juntar irreverência e sensibilidade ao tratar dessa coisa maluca chamada morte.








O livro é "escrito" pelo protagonista, Greg, possuindo uma narrativa em primeira pessoa, o que torna a leitura descontraída e direcionada ao leitor. Alguns trechos são em forma de roteiro, outras em terceira pessoa, e alguas vezes em forma de listas que Greg cria para explicar a situação.
Como a história é escrita por Greg, ele sempre se refere ao livro como "essa bosta de livro", "esse livro desgraçado"... O que as vezes nos faz esquecer que se trata de um personagem e não do real autor do livro (Jesse Andrews).
Greg é um garoto de dezessete anos que está no último ano do ensino médio. Por achar o colegial uma droga, Greg tenta passar por ele sem maiores problemas, para isso resolve não fazer parte de "tribos" e grupos específicos, com isso ele acaba manrendo uma amizade superficial com todos, para não ser "rotulado" e perturbado por nenhum grupo. Seu único amigo era Earl, um garoto com personalidade forte, com opinião direta, crua, grotesca e quase sempre ofensiva. Earl vive com a mãe negligente e seus irmãos, que passam o tempo zoando e brigando com ele, o que o deixava ainda mais puto da vida.
A amizade entre eles começou no jardim de infância e o único interesse que eles descobriram ter em comum era o filme: "Aguire, a cólera dos deuses", que despertou a vontade de fazerem seus próprios filmes caseiros. Por ter vergonha, Greg tenta manter em segredo os filmes que produzem. Ele decidiu escrever um livro, mesmo não sabendo como ele queria contar a sua história.


A família de Greg é muito engraçada. A mãe é ex-hippie e super sentimental, o pai é escritor com um gosto culinário peculiar, as irmãs mais novas são inúteis do seu ponto de vista, além de o gato da família,  Cat Stevens, que é tratado como uma pessoa.
Tudo muda quando a mãe de Greg dá a notícia de que Rachel, uma 'namorada' de infância que Greg, foi diagnosticada com leucemia e exige que o garoto volte a falar com ela para ajudá-la a passar por essa situação. Obrigado pela mãe, Greg passa a visitar Rachel e acabam voltando a ser amigos.
Se você está esperando uma linda história de amor e tristeza pelo fato de ela estar com câncer, saiba que você não vai encontrar nesse livro. Por ser contado por Greg, os sentimentos de Rachel acabam ficando em segundo plano.
'Eu, você e a garota que vai morrer' é uma leitura rápida e divertida, fugindo dos clichês de menina com câncer e menino que se apaixona e muda os últimos dias da garota. Ele não traz muitas reflexões mas é uma boa leitura.

 Filme

 O livro deu origem ao filme de mesmo titulo. Confesso que dormi na primeira vez que tentei assistir e na segunda vez só terminei de assistir porque não gosto de parar na metade. Os personagens são todos apresentados de maneira superficial, alguns são simplesmente apagados da história. Muitas cenas são alteradas no filme, o que é normal, mas deixa a história vazia, sem graça. Resumindo, não gostei nem um pouco do filme, provavelmente se eu não tivesse lido o livro também não teria gostado.
Confiram o trailer:



E vocês, já leram ou viram o filme? Me contem se gostaram ou não. ;)

Beijos
Facebook Instagran